Canadá: destino número 1 de 2017 para o New York Times facilita visita de brasileiros

Todos os anos, jornais, revistas e sites fazem as suas listas de apostas, indicando destinos que vão se destacar no cenário político nos próximos meses. Uma das seleções mais consistentes é a produzida pelo New York Times.

Para 2017, eles escolheram 52 lugares, entre países, como Cazaquistão e Gabão; cidades, como Agra, na Índia, e Madri, na Espanha; parques, como o Parque Nacional  Iberá, na Argentina; bairros, como South Bronx, em Nova York;  praias, como Puerto Escondido, no México e Northwest, em Porto Rico; ilhas, como Sardenha, na Itália e Lofoten, na Noruega; e regiões, como Napa Valley, nos EUA, e o Deserto do Atacama, no Chile. Para ler, clique aqui.

Prédios antigos e arranha-céus modernos dividem a paisagem em Toronto - Foto de Bruno Agostini
Prédios antigos e arranha-céus modernos dividem a paisagem em Toronto – Foto de Bruno Agostini

O número 1 na concorrida lista ficou com o Canadá. Se para o jornal americano o Canadá é a bola da vez como principal destino turístico, para os brasileiros há ainda mais razões para se incluir o país como possível destino de viagem: a partir de maio ficou bem mais fácil a entrada de brasileiros no Canadá, com novas regras de imigração, que dispensam o visto em muitos casos (para ler, clique aqui).

Para o turista que viaja interessado em gastronomia, o país é um prato cheio. Com a sua costa vasta, banhada por águas geladas, é um dos melhores lugares do mundo para se comer percados, de ostras e mariscos de diversos tamanhos e formatos às lagostas e salmões selvagens, dos king crabs gigantes aos peixes gordos os mais variados que habitam o Atlântico Norte.

Toronto foi uma das cidades mais interessantes que já visitei do ponto de vista gastronômico. O que vi e provei por lá eu contei aqui, nesta reportagem para o Boa Viagem.

O "world famous" sanduíche de peameal bacon da Carousel Bakery, no imperdível St Lawrence Market, em Toronto - Foto de Bruno Agostini
O “world famous” sanduíche de peameal bacon da Carousel Bakery, no imperdível St Lawrence Market, em Toronto – Foto de Bruno Agostini

Foram grandes momentos à mesa. De uma memorável degustação de ostras no Starfish Oyster Bed & Grill (agora rebatizado de Pearl Diver) ao não menos inesquecível sanduíche de peameal bacon, um pedaço da barriga de porco curada, clássico canadense, servido na Carousel Bakery – no imperdível  St Lawrence Market, mercado lindo que funciona em prédio de 1850.

Vista das Cataratas de Niágara, a partir de um dos helicópteros que levam turistas - Foto de Bruno Agostini
Vista das Cataratas de Niágara, a partir de um dos helicópteros que levam turistas – Foto de Bruno Agostini

Em Toronto visitei cervejarias, destilarias e até fábrica de saquês. Nem mesmo vinhos faltaram. A uma curta viagem a partir de lá chegamos à região de Niágara, a mais importante zona vinícola do Canadá, que já valeria a investida apenas pelo suas famosas cataratas, na fronteira com os EUA.

E é um roteirinho sobre a simpática cidade de Niagara-on-the-Lake, e os passeios pelos arredores, incluindo as vinícolas da região, é o tema das próximas reportagens deste site, divida em três partes.
– Niagara Falls e enoturismo
– Bares, restaurantes etc
– Hotéis e pousadas

 

 

 

 

 

admin

Bruno Agostini é carioca, jornalista e fotógrafo. Especializado em turismo, gastronomia, vinhos e cervejas, viaja o mundo atrás de boas histórias, e da boa mesa. Com passagens por empresas como Jornal do Brasil, O Globo e Editora Abril, foi inspetor de restaurantes do Guia Quatro Rodas e é autor de livros, como guias de viagem, vinhos e restaurantes. Atualmente atua como freelancer, escrevendo para veículos especializados, entre jornais, sites e revistas, como Época Rio, Top Destinos, Carbono Uomo, Eatin’Out e Baco, entre outras. Contato: bagostini@gmail.com Instagram: @brunoagostinifoto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *