Vernissage Restaurante & Galeria de Arte, em Penedo: natureza ao redor e comida deliciosa no salão

Vernissage, em Penedo. Este é um dos mais aprazíveis no estado do Rio, para quem gosta de natureza. Instalado numa casa no meio da mata, ao lado de um riacho e com frequência de pássaros deliciosa, serve uma comida à altura do cenário.

Um beija-flor junto à janela do restaurante Vernissage, em Penedo – Foto de Bruno Agostini

O restaurante foi inaugurado há mais de dez anos, numa casa que também funcionava como ateliê de um artista plástico, que hoje com a idade avançada o arrendou para Alexandre Mergener, amigo que conheci no mundo do vinho, já que ele é representante da importadora de bebidas e alimentos Casa Flora. O nome completo, aliás, é Vernissage Restaurante & Galeria de Arte.

O lugar tem aquele clima acolhedor de casa, coisa que raramente um restaurante consegue. Estive lá duas vezes na minha viagem recente: num jantar harmonizado, sexta-feira, com vinhos argentinos da bodega Penedo Borges e num almoço tardia que consumiu toda a preguiçosa tarde de um sábado chuvoso. Como se fossem dois lugares diferentes. De noite, uma atmosfera romântica, com luz de velas e a inclinação e pedir pratos mais encorpados; e de dia a natureza linda ao redor, que invade o salão, e nos faz ter vontade de ficar ali, bebendo uma boa Paulaner ou algum vinho da boa carta, que aliás apresenta preços bem justos, assim como a comida.

Durante o jantar a medalha de ouro foi para a costelinha de porco com azeite de ervas e risoto de jamón serrano, delicioso, mas pouco fotogênico, acompanhado do Penedo Borges Expresión Malbec Reserva, formando um belo conjunto.

Também valeu o ingresso a sobremesa, uma panqueca de doce de leite com sorte de creme local, da tradicional sorveteria Tonttulakki Jaatelo, representando a comunidade finlandesa de Penedo, e arrematando com muito carinho uma refeição, ainda mais se acompanhado do Cuesta Madero Dulce Natural.

No almoço, enquanto os beija-flor desviavam a nossa atenção da mesa para o exterior, a mata, o rio que emite aqueles sons relaxantes e os seus voos inquietos e lindos, a Paulaner matou a sede e instigou a boca, abrindo caminho para um polvo ao alho e óleo que estava impecável.

Polvo, para mim, é sempre um ingrediente que gosto de pedir para testar a qualidade da comida de um restaurante. Polvo, camarão, risoto e coisas simples, como batatas e pratos com ovos, e mesmo ovos fritos, para mim são um grande desafio, porque pra fazer ficar muito bom é preciso talento, técnica, paciência e precisão. Os pontos de cocção são delicados, mas quando bem executados combinações simples viram grandes delícias. Foi o caso deste polvo.

Um vinho pra acompanhar o polvo – Foto de Bruno Agostini (do Instagram @brunoagostinifoto)

Pra continuar a prova, pedimos o arroz de polvo. Úmido e saboroso, foi novamente aprovado com louvor, e muito azeite e pimenta. Enquanto estava sobre a mesa o polvo desviou completamente a nossa atenção para a vida que corria lá fora. O que não era tarefa muito fácil, coisa que só uma boa comida poderia conseguir naquele instante. Enquanto isso na taça rolava o chileno La Ronciere Mousai S Carmenère, belo vinho. Sim, polvo é do mar, e pode ser servido com brancos, mas cai ainda melhor com tintos (ao contrário do bacalhau, que pode ir com tintos, mas geralmente se entende melhor com brancos estruturados e com personalidade).

Foi difícil sair de lá. Só mesmo a Sour Ale da Penedon seria capaz, então lá fomos nós. Mas isso é assunto pra outro post.

SERVIÇO
Vernissage Restaurante & Galeria de Arte:  Rua K, 110, Alto Penedo, Penedo. Tel. (24) 3351-1058. De qui. A sáb., de 12h às 23h; dom., de 12h às 17h. Página no Facebook.

E mais: Cinco lugares imperdíveis em Penedo.

admin

Bruno Agostini é carioca, jornalista e fotógrafo. Especializado em turismo, gastronomia, vinhos e cervejas, viaja o mundo atrás de boas histórias, e da boa mesa. Com passagens por empresas como Jornal do Brasil, O Globo e Editora Abril, foi inspetor de restaurantes do Guia Quatro Rodas e é autor de livros, como guias de viagem, vinhos e restaurantes. Atualmente atua como freelancer, escrevendo para veículos especializados, entre jornais, sites e revistas, como Época Rio, Top Destinos, Carbono Uomo, Eatin’Out e Baco, entre outras. Contato: bagostini@gmail.com Instagram: @brunoagostinifoto

2 thoughts on “Vernissage Restaurante & Galeria de Arte, em Penedo: natureza ao redor e comida deliciosa no salão

  • Abril 14, 2017 at 9:38 pm
    Permalink

    Boa tarde meu grande amigo Bruno,

    Antes de agradecer os comentários sobre nossa casa, queria agradecer o grande sábado que passamos juntos regado a muitas risadas, alegrias, vinhos e cervejas de altissima qualidade entre grandes amigos tais como:
    Euclides Penedo Borges e Ana Maria ( Bodegas Otaviano Penedo Borges )
    Paulinho Gomes e Ana ( proprietário da Pousada Terras Altas e Mauá)
    Marcelo e Maila ( pousada Vila luna e Pizza da villa)
    Sérgio, Tati e a querida dona Deia (Penedon)
    Fabiano ( Jardim Secreto )
    Meu grande amigo, foi uma satisfação imensurável lhe receber e aptesentar-lhe as delícias de Penedo.
    Fico imensamente feliz em lhe contribuir com seu trabalho.

    Te espero mais vezes aqui meu amigo.

    Grande abraço

    Alexandre Mergener

    Reply
    • Abril 15, 2017 at 11:52 am
      Permalink

      Valeu, meu amigo. Obrigado, e parabéns pela casa. Foi um grande final de semana. Abração.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *