Vinho da semana: Dão Flor de Penalva tinto 2013

Na semana passada, para uma reportagem sobre cozido, pedi ao sommelier Marcos Lima a indicação de um vinho para acompanhar o prato. Ele sugeriu o Flor de Penalva tinto, um belo representante do Dão que é bom de boca e bom de bolso, podendo ser encontrado a  menos de R$ 50 em lojas (é importado pela Winebrands: www.winebrands.com.br).

Foi tão boa a sugestão eu virou o vinho da semana. No caso, falamos da safra 2013, a última degustada. É um vinho límpido, com nariz delicioso, fresco, onde a fruta se destaca em meio a notas de especiarias, resultado de dez meses de estágio em barrica. Neste exemplar, produzido com as uvas Tinta Roriz, Alfrocheiro e Jaen, o vinho é ainda mais gostoso na boca do que no nariz. Tem uma ótima acidez e com seus 12,5% de álcool, tem leveza e delicadeza, o que lhe torna um ótimo companheiro para a mesa. Especialmente a mesa portuguesa.

Além do cozido, vai bem com pratos variados de bacalhau, além de outros pescados, como sardinhas na brasa, e polvo. Transita bem com carnes mais delicadas, incluindo coelho e cortes de porco: com leitão, barriga e costelinha, com certeza. Pelo estilo também pode ser ótima escolha para um churrasco.

Por R$ 49,90 no site Divinho.

admin

Bruno Agostini é carioca, jornalista e fotógrafo. Especializado em turismo, gastronomia, vinhos e cervejas, viaja o mundo atrás de boas histórias, e da boa mesa. Com passagens por empresas como Jornal do Brasil, O Globo e Editora Abril, foi inspetor de restaurantes do Guia Quatro Rodas e é autor de livros, como guias de viagem, vinhos e restaurantes. Atualmente atua como freelancer, escrevendo para veículos especializados, entre jornais, sites e revistas, como Época Rio, Top Destinos, Carbono Uomo, Eatin’Out e Baco, entre outras. Contato: bagostini@gmail.com Instagram: @brunoagostinifoto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *